5 Sinais Para Entender Se A Situação Do Seu Negócio Está Ruim

Você já teve a sensação de que apesar de estar trabalhando muito seu negócio está rendendo cada vez menos?

Você já teve a sensação de que a situação do seu negócio não vai bem?

Você já ficou com a impressão de que sua margem de lucro está mais apertada?

É uma sensação estranha. A insegurança é constante. Você acaba indo trabalhar todos os dias com receio de que seus achismos sobre a situação do seu negócio sejam realidade e fica imaginando o que será do futuro.

Essas são algumas perguntas que precisamos refletir constantemente quando pensamos no nosso negócio.

Neste artigo nós vamos evidenciar alguns insights que vão te ajudar a acabar com essa insegurança e te possibilitar tomar ações preventivas contra uma possível recessão, para você conseguir melhorar a situação do seu negócio.

[IMPORTANTE] – Acabe com o achismo!

negócio

O básico que você precisa fazer para começar a enxergar com clareza os caminhos que o seu negócio está percorrendo é registrar todos os fatos econômicos do mesmo em um sistema.

Apenas os números farão você ter certeza do que acontece.

Outro detalhe. Antes de tudo, tome cuidado para que as atividades que envolvem esse registro não onerem todo o tempo da sua equipe.

O Bauner é um sistema de gestão financeira que automatiza as principais atividades desta área e lhe permite ter números confiáveis.

Isso fará com que sua equipe ganhe produtividade.

Outro ponto importante: Valide suas hipóteses sobre a situação da sua empresa. Isso é fundamental. No entanto, o mínimo que você precisa para fazer isso é ter uma gestão organizada.

Agora, vamos listar abaixo os sinais nos quais você deve se atentar para entender se sua empresa está com a saúde em dia ou não.

1– Concorrência Inovando ou Deixando o Mercado

Se seus concorrentes buscam novas soluções para ofertar aos clientes, isso pode significar que os produtos ou serviços deste mercado já estejam obsoletos.

Logo, podemos entender que eles vão ter uma queda na demanda a partir de agora.

Inegavelmente, se as novas soluções da concorrência já estão no mercado, podemos entender que elas já passaram pelo período de desenvolvimento, teste e validação.

Com isso, você pode estar atrasado na disputa por seus potenciais clientes.

Nesse sentido, para se destacar no mercado, a inovação é fundamental.

2 – Aumento do Turnover

Se você identificou que os membros da sua equipe têm objetivos divergentes dos da sua empresa, isso pode gerar um problema.

Se eles pretendem mudar de setor e trabalhar em outro lugar, este pode ser um indicativo de que seu ramo de negócio não é mais tão atraente, seja pela remuneração, projeção no mercado, rotina de trabalho dentre outros fatores.

De fato, além do crescimento nos pedidos de demissão, fica mais fácil perceber se seus colaboradores estão interessados em deixar a sua empresa se você monitora o clima do ambiente de trabalho.

Fazendo isso, você vai perceber se existem comportamentos que demonstrem sua equipe desmotivada ou não.

3 – Aumento contínuo da inadimplência

Se sua inadimplência crescer muito, isso pode ser um indicador de que você vai precisar se mexer para manter o seu negócio funcionando (Sabe como? Se não, entenda neste artigo).

Por outro lado, se os clientes estão com dificuldades de lhe pagar, é provável que eles também estejam com dificuldades de vender e/ou receber.

Desse modo, é importante observar que, se você está no meio da cadeia de fornecimento e o mercado dos seus clientes está diminuindo, isso também acontecerá com o seu mercado em um futuro próximo.

4 – Queda recorrente nas vendas

Se o seu faturamento tem apresentado quedas, mesmo que pequenas, mas constantes, no decorrer dos meses ou anos, pode significar que sua força de vendas é ineficiente ou está com dificuldades de vender.

No entanto, esse pode ser um problema interno da empresa como, por exemplo:

  1. Muitos vendedores inexperientes no time;
  2. Oferta de produtos com baixa qualidade;
  3. Escolha errada do público alvo.

Por consequência, pode ser também devido a fatores externos:

  1. Recessão da economia;
  2. Surgimento de produtos substitutos;
  3. Aumento do desemprego.

5 – Estoques altos

Definitivamente, mercadorias em estoque significam dinheiro parado.

Essa é uma máxima repetida por muitos economistas. Por isso, se você mede os seus estoques fica fácil comparar os níveis do mesmo com períodos anteriores.

Dessa maneira, se você está com dificuldades de vender, é provável que seus estoques estejam parados e que vão prejudicar o seu fluxo de caixa.

Ou seja, seus compromissos financeiros com fornecedores podem vencer antes de você comercializar os seus produtos.

Isso acontece muito devido à falta de gestão. Se você não gerencia seu fluxo de caixa, aprenda como fazê-lo clicando aqui.

Gerindo seu negócio – Concluindo

Em conclusão, se você ainda não tem números confiáveis, corra para alcançá-los!

Só com eles você vai conseguir criar uma base para identificar os 5 efeitos listados neste artigo.

Com os números na mão, faça um brainstorming com sua equipe para extrair os principais insights que vão te ajudar na retomada do seu negócio rumo ao crescimento.

E mais importante, os mercados e as necessidades dos clientes estão em constante transformação.

Logo, quem atende tais necessidades precisa acompanhar esses movimentos com a finalidade de se manter funcionando com lucratividade e de melhorar constantemente a situação do seu negócio.

Desejo-lhe Sucesso!