Documento De Arrecadação De Receitas Federais – Conheça O Documento Do Leão

DARF é a sigla para Documento de Arrecadação de Receitas Federais.

O Documento de Arrecadação de Receitas Federais é uma guia que serve para arrecadar os impostos, contribuições e taxas que estão embutidas nas operações financeiras.

O objetivo do Documento de Arrecadação de Receitas Federais é fazer com que os impostos cheguem diretamente aos cofres federais. O documento facilita o trabalho dos responsáveis pela área tributária de uma empresa porque, por meio dele, o pagamento de tributos é unificado em uma só guia. O documento é o principal instrumento que a Receita Federal dispõe para o recolhimento de impostos.

O que é DARF

documento arrecadação receita federal

O Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) é um documento emitido pelo Ministério da Fazenda e pela Secretaria da Receita Federal.

Esse documento foi feito para a cobrança de impostos administrados por esses órgãos, como o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), por exemplo.

Cada tipo de imposto tem um código diferente para que seja possível identificar o que o contribuinte está pagando.

Para isso, existem dois modelos de DARF:

  1. DARF Comum
  2. DARF Simples

O DARF comum é utilizado para pagamentos de receitas federais pelas pessoas físicas e jurídicas.

Já o DARF simples é utilizado exclusivamente por pessoas jurídicas, enquadradas como: 

  1. Microempresa 
  2. Empresa de pequeno porte
  3. Para pagamento unificado do IRPJ, PIS/PASEP, CSLL, COFINS, IPI
  4. Contribuições para a Seguridade Social
  5. Quando houver convênio com estados e municípios, ICMS e ISS

Além desses dois tipos, existe também o DARF judicial, que serve para recolhimentos dos custos processuais na Justiça Federal ou de Recurso Extraordinário ao Supremo Tribunal Federal.

Para que serve um DARF

A principal função do DARF é fazer com que a arrecadação dos contribuintes chegue aos cofres públicos federais. 

Ele é utilizado por pessoas físicas e jurídicas e suas guias podem ser pagas mensal, trimestral, semestral ou mesmo anual, dependendo dos impostos a serem recolhidos.

Este documento facilita bastante a vida dos responsáveis pela área tributária e financeira, uma vez que por meio dele se torna possível unificar o pagamento de diversos impostos.

Como emitir um DARF

Fazer a emissão do DARF é mais simples do que parece.

A própria Receita Federal oferece algumas ferramentas para facilitar este processo:

  1. Sicalc
  2. Sicalcweb

Sicalc

O caminho mais utilizado para emitir esse documento é através do software específico criado pela RF.

Neste método, deve-se baixar e instalar o programa no computador para emitir as guias e realizar outras operações relacionadas ao DARF.

Um dos benefícios de se utilizar o sistema é que, a cada primeiro dia útil do mês, ele é atualizado para acompanhar o índice da taxa Selic, calculando precisamente o imposto cobrado.

Sicalcweb

A Receita também disponibiliza uma plataforma online para calcular e imprimir o documento.

Neste caso, você pode acessar o site e preencher os campos de identificação, como estado, cidade, código da receita, entre outros.

No entanto, ao utilizar esse caminho, deve-se pagar a guia em um banco credenciado.

No pagamento ao banco, é possível utilizar as diversas modalidades de atendimento oferecidas.

DARF – Considerações

O DARF é um documento muito importante e necessário na vida de um empreendedor.

Além disso, estar em dia com o governo, evita muitos transtornos e problemas futuros.

Portanto, espero que este artigo tenha esclarecido suas duvidas sobre o Documento de Arrecadação de Receitas Federais eque você possa declarar seus proventos de forma correta e organizada.