Conheça Os 3 Indicadores Que São Essenciais Para O Contas A Receber

Toda equipe financeira precisa de indicadores, dados e de boas informações para basear suas decisões.

E para que uma empresa se estabeleça de forma organizada, a melhor forma de traduzir dados em informações é por meio de indicadores.

Os indicadores são instrumentos de gestão essenciais para medir o resultado de uma empresa. Com eles é possível acompanhar se as metas traçadas no seu fluxo de caixa estão sendo alcançadas e como está sendo o desenvolvimento do seu negócio. No geral, são números/índices obtidos por meio de cálculos. O que será envolvido depende do que você precisa saber sobre a sua empresa.

 

Planilha para Calcular Prazo Médio de Faturamento (PMF) e Prazo Médio de Recebimento (PMR)

 

No setor de Contas a Receber, existem indicadores essenciais que nos ajudam a entender o status dos recebíveis.

ROI (Return on Investment – Retorno sob o Investimento)

Neste primeiro exemplo eu quero saber qual é o retorno que tive sobre um investimento em publicidade.

O cálculo é estabelecido da seguinte forma:

 

Cálculo: (Ganho – Investimento)/Investimento

Ex: (R$ 4.587,00 – R$ 693,00)/R$ 693,00 = 5,61

 

Como interpretar o resultado?

Neste caso, o retorno obtido foi de 5,61 vezes o investimento inicial. Um retorno de 561%.

Esse resultado é bom ou ruim?

Isso vai depender de qual foi o objetivo com o investimento inicial de R$ 693,00.

Se a meta era um retorno de ao menos 5 vezes o investimento, superou.

Por outro lado, se tinha uma meta de receita de R$ 5.000,00, ficou abaixo da mesma e isso pode não ser bom.

3 indicadores do Contas a Receber

Quero apresentar os três indicadores que não pode faltar, quando falamos em uma gestão de qualidade. Vamos lá!

 

Indicador 1 – Prazo Médio de Faturamento (PMF)

indicadores

O faturamento está diretamente ligado ao risco de crédito de uma empresa.

Logo, ao definir a sua política de parcelamentos, estude muito os efeitos da mesma sob o fluxo de caixa.

Fazendo isso, você verá que o Prazo Médio de Faturamento te diz em quantos dias, em média, você receberá seus títulos.

Observe que este indicador deve ser calculado de forma ponderada, pois, se suas vendas são feitas com prazos de pagamentos diferentes, o risco de uma venda feita com o prazo de 30 dias é diferente de um faturamento para 10 dias. Veja:

PMF = Soma (Prazo de Faturamento x Valor do Título)

           Soma (Valor dos Títulos)

Exemplo:

  • Vendas:
    • Serviço 01: R$ 7.000,00 / Prazo: 10 dias
    • Serviço 02: R$ 5.000,00 / Prazo: 30 dias
    • Serviço 03: R$ 12.000,00 / Prazo: 60 dias
    •  

PMF = [(10 x R$ 7.000,00) + (30 x R$ 5.000,00) + (60 x R$12.000,00)]

                               (R$ 7.000,00 + 5.000,00 + 12.000,00)

 

  1. PMF = 39,16
  2. Interpretação: dado o histórico de vendas, o prazo médio de faturamento foi, em média, de 39 dias levando em consideração o risco dos mesmos.

Como usar este indicador?

É bem simples. Sua equipe financeira precisa estudar o seu fluxo de caixa, determinar qual é o seu PMF ideal e estabelecer o mesmo como uma meta.

Após isso, no decorrer do exercício o Contas a Receber deverá apurar o PMF e entender as razões de o mesmo estar se distanciando da meta.

 

Indicador 2 – Prazo Médio de Recebimento (PMR)

A lógica para o Prazo Médio de Recebimento é a mesma do PMF, porém, aqui nós também levamos em consideração a data de pagamento dos títulos.

PMR = Soma (Prazo de Recebimento x Valor do Título)

           Soma (Valor dos Títulos)

Exemplo:

  • Vendas:
    • Serviço 01: R$ 7.000,00 / Emissão – Pagamento: 15 dias
    • Serviço 02: R$ 5.000,00 / Emissão – Pagamento: 30 dias
    • Serviço 03: R$ 12.000,00 / Emissão – Pagamento: 75 dias
    •  

PMR = [(15 x R$ 7.000,00) + (30 x R$ 5.000,00) + (75 x R$ 8.000,00)]

                           (R$ 7.000,00 + R$ 5.000,00 + R$ 12.000,00)

 

  1. PMR = 48,12
  2. Interpretação: dado o histórico de pagamentos, sua empresa recebeu suas vendas, em média, em 48 dias levando em consideração as particularidades de cada uma.

Como usar este indicador?

Após estudar o fluxo de caixa da sua empresa você poderá apurar o seu PMR e saber se ele está desalinhado com o seu PMF e se o mesmo está prejudicando o seu caixa.

O ideal é que também seja criada uma meta para o PMR e que ao fechamento do mês sejam entendidas as razões do mesmo estar crescendo ou diminuindo.

É importante também saber qual é o efeito dessas variações na venda.

 

Indicador 3 – Margem de Contribuição – MC

Tratando-se de recebíveis, a Margem de Contribuição (MC) é uma ferramenta poderosa para o Financeiro poder acompanhar a execução das estratégias de preço e vendas da empresa.

Ao apurar o resultado de um mês o Contas a Receber pode comparar a MC realizada com a projetada.

Além disso, a MC lhe diz qual o montante da venda de um serviço ou produto vai ser onerada para cobrir os custos e despesas fixas e manter a lucratividade do negócio.

MC = Preço de Venda – (Custo Variável + Despesa Variável)

Exemplo:

  1. Preço de Venda: R$ 757,00;
  2. Custo Variável: R$ 189,00;
  3. Despesa Variável: R$ 95,00;
  4. MC = R$ 757,00 – (R$ 189,00 + R$ 95,00) = R$ 473,00
  5. Interpretação: dos R$ 757,00 cobrados pelo seu serviço, R$ 473,00 é o que sobra para o pagamento dos custos e despesas fixas  e para gerar o lucro do seu negócio;

Como usar este indicador?

A sua empresa também precisa ter uma meta de MC estabelecida para conseguir formar bem seus preços e fazer seu orçamento.

Para que isso aconteça, você pode analisar o orçamento observando a MC projetada ou analisar o valor realizado de todas as vendas (basta multiplicar os números pelos totais) após a apuração do resultado do exercício.

No entanto, o mais importante é entender se a sua operação está muito custosa e qual a razão, pois, assim você poderá fazer ajustes, cortar gastos e aumentar sua lucratividade.

Um BÔNUS para Você e sua empresa

Após mostrar esses 3 indicadores para uma excelente organização do contas a receber de uma empresa, quero te dar uma boa notícia.

Como resultado para facilitar e te dar maior agilidade, elaborei uma planilha que faz o cálculo do prazo médio do faturamento (PMF) e o prazo médio do recebimento (PMR) para o seu negócio.

É bem prático e simples de usar. Disponibilizamos também um breve vídeo explicando como preencher a planilha.

E mais importante, ela é totalmente GRATUITA, basta você baixar clicando aqui.

Indicadores importantes – Considerações

indicadores

Em linhas gerais, quero propor a você que comece a utilizar esses indicadores para fazer a gestão financeira da sua empresa.

Quero sugerir também que analise de forma criteriosa e detalhada o que está auxiliando e o que está atrapalhando seu negócio.

Fazendo isso, tenho certeza que encontrará mais clareza e controle em sua gestão.

Por fim, caso você necessite de mais tranquilidade e segurança para gerir seu negócio, o Bauner te ajuda com a sua operação, economizando o tempo gasto com conciliações bancárias e com lançamentos financeiros, permitindo que você foque no que você faz de melhor e tenha acesso à indicadores essenciais para o seu Contas a Receber.

Desejo-lhe sucesso.